As cinco fases do luto


As cinco fases do luto

 

Ninguém gosta de perder nada! Por mais que saibamos que tudo passa, que tudo é inconstante, ainda assim relutamos para não deixar fluir e manter as coisas e pessoas perto de nós, agarrando, segurando e controlando.

Quantas vezes a vida já tentou me ensinar isso e, mesmo assim, como uma criança mimada, fico sofrendo com cada mudança.

Aí vem a vida mostrar mais uma vez que tudo passa. Até a dor de hoje também vai passar.

O conjunto de sentimentos que nos dispara é esperado quando constatamos o luto.  

O luto é um processo necessário e fundamental para preencher o vazio deixado por qualquer perda significativa. Isso acontece quando se encerra um relacionamento, a morte de alguém querido, uma mudança de cidade, a saída de um emprego. Enfim, estamos o tempo todo encerrando ciclos.

Quanto mais encararmos esses momentos como partes indispensáveis da vida, mais tranquilos passaremos por eles e evitaremos desequilíbrios emocionais que nos machucam tanto.

 

Vídeo: As cinco fases do luto.  

 

Caso você esteja passando por alguma fase de mudança, recomendo que assista a esse vídeo e perceba em qual fase você está. Assim terá mais força para conseguir superar e seguir adiante.

Conseguir aceitar a perda com serenidade é um dádiva!

As 5 fases são: Negação, raiva, barganha, depressão e aceitação. A reação psíquica determinada pela experiência da morte (perda) foi descrita por Elisabeth Kübler-Ross em seu livro Sobre a morte e o morrer”, no qual explica que esses estágios nem sempre ocorrem na mesma ordem, nem todos são experimentados pelas pessoas. Ela afirmou que uma pessoa sempre apresentará, pelo menos, duas dessas fases.

Que possamos passar por nossos processos de crescimento e despertar da consciência cada vez mais aceitando que as perdas vão acontecer porque NADA é nosso, talvez seja por isso que nunca perderemos nada!

Aceitar que estamos de passagem e aprendendo com cada experiência continua sendo uma ótima fórmula para não estagnar nada em nossa vida.

 

Seguimos juntos!

Com amor, Regiane

www.regianeromero.com.br