O que você quer?


Você sabe exatamente o que é imprescindível na sua vida? 

Normalmente, as pessoas respondem que querem paz, alegria, um grande amor... Mas, imagine, só imagine que você tem um poder mágico. Com ele, pode realizar os meus sonhos e assim, eu te faço um pedido: Quero felicidade! O que de concreto você me daria? Ou, qual situação você me colocaria para que eu viva essa felicidade?

Talvez uma casa na praia com as pessoas que amo ou me daria um corpo saudável. Viu? Você teria que supor algo que me faria feliz. Precisamos definir o que queremos para nos direcionar com mais facilidade ao objetivo. Cada um tem seu o céu, não há formas coletivas de felicidade. Seu jeito de ser feliz é só seu.

O primeiro passo: saiba exatamente o que você quer. Se hoje não tem claro o seu foco, comece a saber tudo aquilo que não quer mais. Desfazer-se daquilo que não te deixa feliz, já te coloca no caminho da felicidade.

Por meio da escuta acolhedora, na primeira entrevista procuro perceber como você está. Após a identificação do seu atual cenário interior, escuto aquilo que é importante para você, ou seja, o que espera alcançar com o seu processo terapêutico. Assim que você decidir o seu alvo (o seu céu), fica mais fácil traçar rotas e disponibilizar recursos para facilitar a conquista dos seus sonhos.

Ouse sonhar!
E só por uns minutos, se você pudesse escolher a sua vida, como ela seria?
Se não é você quem escolhe a sua vida, então quem é? Agora vai e arrasa! Eu acredito que a força está em nossas mãos! Assuma e vá.
Nos vemos pelas travessias da vida!!